Abrava publica texto enfatizando a manutenção preventiva como aliada no combate ao novo COVID-19

A fim de orientar e incentivar medidas de prevenção do novo COVID-19, a ABRAVA (Associação Brasileira de Ar Condicionado, Refrigeração, Ventilação e Aquecimento) publicou, em seu site oficial, as melhores práticas e orientações sobre os cuidados que devemos adotar, durante o atual período de pandemia, em relação aos aparelhos de ar condicionado nas residências Brasileiras.

Confira:

Atualmente, em todos os locais, sejam eles instituições ligadas a saúde, comércio, instalações de sistemas e etc., o uso dos aparelhos de climatização contribui para uma melhor saúde, além de ganhos em produtividade, o que torna o uso imprescindível e cada vez mais necessário. Porém, a utilização só se torna de fato saudável e adequada quando determinados procedimentos são adotados:

Renovação do ar em circulação: para que o ar em circulação seja de fato saudável, é necessário que ele seja renovado, não permitindo uma concentração de poluentes nocivos no ambiente.

Filtragem do ar: uma boa filtragem do ar em circulação garante a retenção de partículas e gotículas, veículos de poluentes e microorganismos, como o COVID-19, por exemplo.

Temperatura e umidades ideais: uma temperatura adequada e controlada pode contribuir para uma saúde melhor, além de inibir a proliferação de organismos - COVID-19.

Qualidade do ar monitorada: a partir do momento que o nível de CO2 (dióxido de carbono) estiver dentro dos índices determinados, existe uma garantia de que o ar respirado é saudável.

A agência destacou também que os serviços de manutenção preventivas devem seguir as indicações do PMOC (Plano de Operação, Manutenção e Controle), citando a Lei 13.589 referente ao plano do ar condicionado e qualidade do ar, determinados pela Resolução do Ministério da Saúde – ANVISA, a RE-09/2003 onde está descrito que:

"A verificação de todos os sistemas de renovação e tomada de ar externo, de maneira que estejam limpas, operacionais, com vazões adequadas, filtros de ar em boas condições, bandejas de condensado limpas e com boa drenagem, ventiladores e serpentinas limpos, e em bom estado, assegura que o ar que respirado no ambiente fechado está adequado às necessidades das pessoas que circulam em ambientes climatizados, fato que é de responsabilidade do proprietário do estabelecimento."

Em resumo, se torna cada vez mais evidente que a manutenção preventiva, limpeza e monitoria dos equipamentos de ar condicionado, são procedimentos fundamentais, que garantem um ambiente mais saudável, promovendo bem-estar e conforto a todos.

 

Confira o texto da ABRAVA na íntegra acessando: https://abrava.com.br/abrava-destaca-a-importancia-do-uso-do-ar-condicionado-e-sua-relacao-com-o-coronavirus/

 

Para casos específicos de dúvidas, entrar em contato pelo e-mail pmoc@abrava.com.br

 

Fonte: ABRAVA - www.abrava.com.br

Newsletter
CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS: